Por Dayse Fontoura

Dias desses, li uma postagem interessante de um dos meus amigos do Facebook. Havia a foto de um casal de idosos asiáticos e os seguintes dizeres: “Como os senhores conseguem manter um casamento que já dura 65 anos?” E a resposta era: “Meu filho, nós nascemos em uma época que, quando algo quebrava, nós éramos ensinados a consertá-lo e não a jogá-lo fora.”

Isso me fez meditar. Quantas vezes não descartamos coisas valiosas que se quebraram, mas que teriam conserto se nos empenhássemos um pouco mais? Pensei em Deus e o homem. O Senhor nos criou seres relacionais para, primeiro, interagirmos com Ele e depois, uns com os outros. Quando o pecado entrou na história humana (Gênesis 3), essa relação entre Deus e o homem ficou quebrada, mas não fomos descartados como sem valor. Pelo contrário, o amor de Deus O fez ir buscar a criatura perdida e pagar o preço do seu resgate com o precioso sangue de Jesus.

Essa é a tônica da mensagem do profeta Oseias: o empenho divino em restaurar o relacionamento com Seu povo. E Cristo, no Getsêmani, embora em grande aflição, não toma a rota de escape, mas diz: “seja feita a Tua vontade, Pai”. Custou tudo isso consertar o que quebramos, mas Deus não se negou a fazê-lo. Atualmente, com tantas coisas descartáveis que são fabricadas, tendemos a pensar que quase tudo (ou tudo) pode ser jogado fora quando não satisfaz mais nossa vontade.

Os valores atribuídos por Deus a bênçãos como a salvação e a família, por exemplo, são minimizados. Se Deus permitir que algo de ruim aconteça na minha vida, eu não O quero mais como Senhor, afinal Ele não me agradou e nosso relacionamento ficou desagradável. Se meu cônjuge ou filhos me irritarem demais, eu desisto e vou procurar a felicidade em outra parte.

Precisamos voltar aos princípios da Palavra. Quebrou? Esforce-se para consertar. Não abandone tudo! Não desista de lutar pelo que é certo! Deus é o melhor exemplo de como fazê-lo. Se precisar de instrução, corra para a Bíblia. Busque a Deus em oração. Ele é Mestre em consertar o que ninguém mais acredita que possa voltar a funcionar. Confie Nele, vai dar certo!

ENDEREÇO

R. Amazonas de Souza

Azevedo, 134 Bacacheri,

82520-620, Curitiba - PR

 

Telefone: (41) 3363-0327

assine nossa newsletter