Reconheci a minha humanidade e a minha fragilidade!
Todos temos uma natureza que precisa ser reparada!
Algo não está certo dentro de mim! Algo me causa aflição!

Entendi que existe um amor Redentor!
Não preciso de autoajuda, mas de alguém que possa restaurar
a minha humanidade e me dar uma vida plena.

Decidi tomar coragem e contar para Deus a minha verdade.
Deus gosta de ouvir a nossa verdade e pode transformar a nossa vida.
Decidi também colocar todas as minhas vontades nas mãos dEle.

Sentei e escrevi. Fiz uma lista de todas as coisas
que me incomodam e que não estão certas.
Fiz uma lista de tudo que precisa mudar.

Admiti que, além de Deus, tenho que ser verdadeiro comigo mesmo e
depois com pessoas que também estão buscando curar as suas feridas da alma.
Posso ter relacionamentos transformadores e um lugar para abrir meu coração,
experimentando juntos o amor redentor.

Então me dispus totalmente para ter uma experiência
extraordinária com Deus.

Tive força para pedir a Ele que removesse
todas as minhas imperfeições.

Voltei a escrever. Agora fiz uma lista de todas as pessoas a quem prejudiquei.
Quero me reparar. Isso é libertador.

Pedi perdão às pessoas que prejudiquei.
E decidi que farei isso sempre que possível!

Continuo fazendo listas e mais listas.
Quando sei que estou errado, reconheço imediatamente.
É um processo contínuo…

Descobri que posso falar com Deus em todos os momentos e posso ter um
relacionamento íntimo com Ele.
Isso me ajuda a entregar sempre as coisas da minha vida nas mãos dEle.
Não preciso estar no controle.

Sinto que estou sendo transformado;
Estou experimentando uma paz que
excede
 todo entendimento;
Sinto uma vida mais leve e sem fardos.
Posso contribuir no processo de outras pessoas.
Decidi contribuir para que todos as pessoas tenham esse encontro transformador.
Todas as pessoas, sem distinção.